« Página inicial

Notí­cias

Pedágio menor e mudança na localização da cobrança da tarifa na BR-262

clique para ampliar

Após pressão da bancada capixaba, o Governo Federal admitiu a possibilidade de reduzir o valor do pedágio que será cobrado após a concessão da BR-262 no trecho que corta o Espírito Santo. A tarifa, atualmente estipulada em R$ 18,70, pode cair em até 40%. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (11)  durante encontro com a ministra Gleisi Hoffmann e o ministro dos Transportes, César Borges.

“Sem sombra de dúvidas, o pedágio pode baixar. Pelo que temos notícia em até 40%”, garantiu Borges aos parlamentares capixabas. A praça do pedágio, inicialmente prevista para ser construída em Marechal Floriano, agora será feita no município de Venda Nova do Imigrante.

Com a mudança, segundo a deputada Rose de Freitas (PMDB), centenas de pequenos agricultores da região serão beneficiados. “Essa mudança vai fazer com que cerca de R$ 1,5 mil carros deixem de pagar pedágio por dia”, disse a deputada.

Além da possível redução no valor do pedágio, o governo federal afirmou ainda que a cobrança só começará a ser feita quando 10% dos 337 Km de estrada em que haverá concessão estiverem duplicados, o que deve acontecer ainda no primeiro ano de concessão.

A polêmica em torno da duplicação da BR-262 foi motivada com base nos valores que serão pagos de pedágio pela população assim que a duplicação ser iniciada. Os parlamentares queriam que o pedágio só fosse cobrado após a toda a obra concluída, mas o governo federal não aceitou.

O governo ainda garantiu que a duplicação do trecho capixaba, que será realizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura dos Transportes (Dnit), por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), será realizada em cinco anos.

Participaram da reunião o coordenador da Bancada Capixaba, Paulo Foletto, a senadora Ana Rita e os senadores Magno Malta e Ricardo Ferraço. As deputadas Iriny Lopes, Lauriete e Rose de Freitas e os deputados Cesar Colnago, Jorge Silva, Lelo Coimbra e Manato.
 
Quarta Ponte
A reunião com os representantes do governo serviu ainda para a bancada capixaba garantir a possibilidade de a Quarta Ponte, entre Vitória e Cariacica, sair do papel. Durante a reunião, Rose ligou para o governador do Estado, Renato Casagrande, para saber do andamento do projeto.

A previsão é de que o projeto fique pronto em dezembro deste ano e a licença ambiental para a construção da nova ponte será liberado em janeiro. “A Quarta Ponte passou a figurar como uma possibilidade. O pleito da bancada é que ela entre na terceira etapa do PAC”, disse.

« Voltar

Mais Notí­cias

Parceiros

SICOOB viva SUPERMERCADO ULIANA ADILSON TEIXEIRA saber brincar GRIFO SUPERMERCADO Brejetuba FM
© Copyright - Todos os direitos reservados a Viva Stream - Soluções em Rádio Online